Hoi An, a cidade mais charmosa do Vietnã

Um dos muitos cafés da encantadora Hoi An
Um dos muitos cafés da encantadora Hoi An

À beira-mar, a cidadezinha vietnamita de Hoi An era originalmente uma vila de pescadores de colonização portuguesa. As telhas em escama de peixe, as portas em folhas de madeira e as ruas calçadas de pedra no Centro Histórico não deixam dúvidas sobre a origem do lugar. Hoi An é uma espécie de Paraty do Vietnã, sempre repleta de turistas.

Loja de lanternas coloridas
Loja de lanternas coloridas

Patrimônio da Humanidade pela Unesco desde 1999, hoje a cidade é conhecida pela confecção de lanternas coloridas, que decoram todas as ruas e estabelecimentos comerciais — charmosos bares, cafés e restaurantes e lojinhas de objetos de decoração, acessórios e roupas, do rústico ao chique. Muitos lugares vendem lanternas, cada uma mais linda do que a outra, e em alguns é possível assistir à fabricação ou mesmo ter uma aula.

Outras tradições do lugar são as aulas de culinária (a escola mais famosa é a Red Bridge Cooking School) e as lojas de tecido, onde é possível comprar um corte e encomendar um traje de um dia para o outro. Mas para a experiência resultar em algo que você realmente vá apreciar e usar, é preciso saber escolher o tecido e ter uma boa ideia da roupa que quer fazer (ou levar uma peça de modelo), porque nem todos os cortes são bons e os figurinos expostos nas vitrines não são nada inspiradores.

Ponte japonesa do século XVI
Ponte japonesa do século XVI

Além de todo o fascínio provocado pelas lanternas, que iluminam o bairro histórico à noite e são também tema de um festival de verão, Hoi An tem ainda um encantador ponto turístico: uma ponte japonesa, coberta, da última década do século XVI, que abriga um pequeno templo. Logo ao lado fica um ponto de riquixá, caso você tenha se cansado de caminhar — o que é pouco provável que aconteça. O centro histórico fecha ao trânsito durante algumas horas ao longo do dia, e esses são os momentos mais tranquilos para passear por ali. Nos outros períodos, não é fácil dividir as ruas estreitas com o barulho e a movimentação das motos onipresentes em todo o Vietnã.

Bandeira do Vietnã no Centro de Hoi An
Bandeira do Vietnã no Centro de Hoi An

Ao entardecer, às margens do Rio Thu Bon, ambulantes vendem lanternas de papel com uma vela dentro, por US$ 1. A tradição para atrair sorte manda botar a lanterna com a vela acesa nas águas do rio, que fica lindo com pontinhos iluminados seguindo a correnteza. Dizem que quanto mais longe for o barquinho-lanterna, melhor. Muitos encalham logo. Felizmente, perdi de vista o meu.

Leia mais

Bom dia, Vietnã: as delícias de um luxuoso resort de praia

O dorso do dragão na Baía de Halong

História e boas compras na cosmopolita Cidade de Ho Chi Minh

(Versão atualizada de texto originalmente publicado na Revista Oh! do jornal O Globo.)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s