A Liverpool dos Beatles

O principal conjunto arquitetônico do Porto de Liverpool
O principal conjunto arquitetônico do Porto de Liverpool

No fim das contas, o amor que você recebe é igual ao que você dá. A frase (em tradução livre) encerra a canção dos Beatles The End e funciona como um mantra em Liverpool. Ao final de alguns dias, a gentileza da população faz com que o turista volte para casa apaixonado. Além de gente simpática, a bonita cidade ao noroeste de Londres, às margens do Rio Mersey, é repleta de atrações variadas. Nos meses de verão, tudo fica ainda mais convidativo.

As atrações de Liverpool além do circuito Beatles

A 2h20m de trem da capital, Liverpool é cheia das histórias, principalmente por conta de um importante passado portuário e mercantil. Hoje oferece numerosas opções culturais, incluindo uma filial da Tate e seu acervo de arte moderna; boas lojas e restaurantes, e dois estádios de futebol com jogos da Premier League, o principal campeonato inglês. A Royal Albert Dock, área à beira-rio com armazéns em pedra de meados do século XIX, é Patrimônio Mundial pela Unesco.

Estátuas dos Beatles em Liverpool
Estátuas dos Beatles

E, claro, tem os Beatles. Os quatro rapazes de Liverpool são o motivo que leva boa parte dos turistas (muitos brasileiros, inclusive) à chuvosa cidade inglesa de quase meio milhão de habitantes. O melhor lugar para começar o roteiro é no início da história da banda, no Cavern Club. Como o nome dá a entender, o clube fica em uma espécie de caverna, em um subsolo da Matthew Street, uma pequena transversal da movimentada North John St. No nível da rua há hoje um centro comercial. O Cavern abre cedo, às dez da manhã, mas uma vez lá embaixo é sempre noite.

Entrada do Cavern Club em Liverpool
Entrada do Cavern Club

O bar funciona animadamente, servindo uma cerveja depois da outra. Os visitantes se espalham por mesas coletivas ou ficam em pé mesmo. Uma camisa da seleção brasileira de futebol, autografada por Zico e emoldurada, faz parte da decoração. No famoso palco, cercado por paredes de pedra, alguém canta Beatles. Também há shows no Cavern Lounge, com acesso pelo Club, e no Cavern Pub. O pub está no nível da rua, em frente à entrada do clube. Tem música ao vivo todas as noites e uma estátua de John Lennon encostado no muro. Na mesma parede, vê-se o bronze do escultor britânico Arthur Dooley Four Lads who Shook the World.

Four Lads who Shook the World Liverpool
Escultura de Arthur Dooyle em frente ao Cavern Club

Logo ao lado, na esquina de Matthew e John, fica o hotel temático Hard Days Night. Seu logotipo representa o acorde inicial da canção que o batiza, mas também pode ser visto como um mapa da posição dos músicos no palco. Há estátuas de John, Paul, George e Ringo na fachada e o interior é decorado com memorabilia dos Beatles e trabalhos originais inspirados na banda. O restaurante Blakes ganhou o nome em homenagem a Sir Peter Blake, artista precursor do pop britânico e autor da capa do álbum de Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band.

Hard Days Night Hotel, em Liverpool
Hard Days Night Hotel, em Liverpool

O Cavern Club é o ponto final do Magical Mystery Tour. A visita guiada de duas horas em um ônibus amarelo passa pelas casas onde John, Paul, George e Ringo moraram e por lugares que inspiram suas canções, como Penny Lane e o orfanato Strawberry Field, ambos nos subúrbios da cidade. Além do Magical Mystery Tour, o Cavern Club também organiza roteiros individuais e para pequenos grupos.

O ponto de partida do ônibus amarelo fica em outra área de interesse para os fãs dos Beatles, a Albert Dock, a 15 minutos a pé do Cavern Club. Em um de seus galpões encontra-se o Beatles Story, museu multimídia que conta a história da banda. Há audioguias em dez línguas, incluindo português do Brasil, com depoimentos de pessoas importantes na vida do grupo. O museu reúne memorabilia, fotos e reproduções de ambientes significativos, como o próprio Cavern Club. Ao final do percurso, uma loja bem abastecida garante as lembranças de viagem.

Perto dali, no Pier Head, foi inaugurado em dezembro de 2015 mais um monumento aos Beatles em homenagem aos 50 anos da última apresentação do quarteto na cidade. Doadas pelo Cavern Club e inspiradas em uma foto feita no local, são quatro estátuas em tamanho natural dos rapazes que atraem tantos peregrinos a Liverpool.

Versão atualizada de texto publicado originalmente na revista Panrotas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s