Alain Ducasse reabre seu restaurante em Mônaco

Le Louis XV, restaurante de Ducasse em Monte-Carlo
Le Louis XV, restaurante de Alain Ducasse em Monte-Carlo

Com três estrelas Michelin e há mais de 25 anos instalado no prédio do sesquicentenário Hôtel de Paris, um dos ícones da Place du Casino, em Mônaco, Le Louis XV, a casa de cozinha mediterrânea do chef francês Alain Ducasse, reabriu há três meses. O restaurante e o hotel estavam fechados para obras de renovação.

A fachada histórica do Hôtel de Paris
Parte da fachada histórica do Hôtel de Paris

Alain Ducasse à l’Hôtel de Paris é um ponto turístico, e continuou assim inclusive durante as obras. À noite, a linda iluminação na fachada histórica do hotel e do restaurante atrai visitantes para  selfies, fotos de casal, de grupo. O ponto é tão disputado para registros fotográficos quanto a entrada do Cassino de Monte-Carlo e seus carros de luxo.

Carros de luxo na frente do Cassino
Carros de luxo na frente do Cassino

A renovação do Hôtel de Paris começou em 2014 e só deve terminar em 2018. Mas o hotel está parcialmente aberto.  Enquanto isso sua propriedade irmã, o Hôtel Hermitage, logo ao lado, que já foi renovado e está funcionando normalmente, foi eleito no fim do ano passado pela revista americana “Traveler”, da Condé Nast, como o melhor hotel de Mônaco.

Iates na marina de Monte Carlo
Iates na marina de Monte-Carlo

Os dois estabelecimentos são interligados, e a passagem subterrânea entre eles leva também ao spa Thermes Marins, onde o mármore rosa predomina. Com uma piscina de água do mar aquecida, uma nova jacuzzi ao ar livre e 30 salas de tratamento, o spa também foi renovado em 2014 e reinaugurado no fim do ano.

O tradicional e delicioso Café de Paris
O tradicional, simpático e gostoso Café de Paris

Ainda nos arredores da Place du Casino fica o Hôtel Métropole, outro cinco estrelas de Mônaco. O destaque gastronômico são três restaurantes do chef francês Joël Robuchon, um deles com duas estrelas Michelin. Em frente ao Hôtel de Paris, do outro lado da Place du Casino, e integrando o mesmo grupo, está o clássico Café de Paris. Sem estrelas e menos cara, mas também deliciosa, a brasserie tem um lindo salão e mesas ao ar livre o ano inteiro. Ali teria sido inventado o crepe Suzette, no final do século XIX. Nos dias de hoje, figos frescos com presunto, por exemplo, são um jeito simples e gostoso de iniciar um jantar.

Para escapar da gastronomia de inspiração francesa, Mônaco tem outras opções. Inaugurado há pouco mais de um ano, o restaurante Nobu fica no hotel Fairmont Monte-Carlo, a alguns passos da Place du Casino, na Avenue des Spélugues, também parte do circuito de F-1. O Príncipe Albert II, frequentador do restaurante de Ducasse, esteve na cerimônia do saquê que marcou a abertura da casa do chef Nobu Matsuhisa em parceria com o ator Robert de Niro. 
O Budda Bar de Mônaco
O Budda Bar de Mônaco

No caminho a pé entre o Nobu e o cassino, fica o Buddha Bar, boa opção para começar ou encerrar uma noite monegasca. Em algum momento, aproveite para tomar a cerveja da Brasserie de Monaco. Além do lindo rótulo que evoca a bandeira das corridas de F-1, a Blanche de Monaco ganhou em 2014 o prêmio de melhor cerveja europeia em estilo belga do World Beer Awards.

O Cassino de Monte-Carlo
O Cassino de Monte-Carlo
 (Versão atualizada de texto originalmente publicado na revista Boa Viagem do jornal O Globo.)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s