Napa Valley, o vale dos chefs na Califórnia

Horta orgânica do chef Thomas Keller, em Yountville
Horta orgânica do chef Thomas Keller, em Yountville

Yountville é uma cidadezinha no Vale do Napa, na Califórnia, ao norte de São Francisco. Cidadezinha “inha” mesmo, com três mil habitantes espalhados pelos arredores de três ruas. Mas que ruas. Dá para desconfiar que não é um lugar qualquer logo na chegada. Depois de passar por muitos e muitos vinhedos margeando as estradas ao norte de São Francisco, qual é a primeira coisa que se vê em Yountville? Um vinhedo margeando a calçada. Se o objetivo é visitar vinícolas grandes e famosas, o melhor é ir para Rutherford, perto dali, rumo ao norte, onde fica o Rubicon Estate, do cineasta Francis Ford Coppola, ou a Robert Mondavi, por exemplo. Em Yountville, quem manda são os chefs. O mais importante é Thomas Keller, dono das quatros estrelas Michelin da cidade: três no The French Laundry, seu primeiro restaurante, e uma no Bouchon Bistro. Mas há outros, como Michael Chiarello e Philippe Jeanty.

Rosas brancas na entrada do French Laundry, o primeiro e premiado restaurante de Keller
Rosas brancas no French Laundry, o primeiro restaurante de Keller

Mas comer não é a única coisa a se fazer em Yountville. É importante beber também. Entre um restaurante e outro há  tasting rooms de diferentes produtores (são mais de 20 em torno da cidade). Os mais animados podem fazer um passeio de bicicleta pelas vinícolas dos arredores. Uma das mais bonitas é a Domaine Chandon. As degustações podem ser em um bar de ostras, que, além de espumantes, oferece drinques feitos com a bebida, como mimosas e bellinis.

Yountville, Napa / Foto de Carla Lencastre

Esculturas pelas ruas de Yountville

Yountville, Napa / Foto de Carla Lencastre

Risoto do chef Michael Chiarello
Risoto do chef Michael Chiarello

Entre as refeições, caminhe pela bonita, e limpíssima, rua principal do lugar onde George Yount plantou as primeiras videiras do Napa em 1838. Além de vinhedos na calçada e jardins impecáveis, com muitas flores, há esculturas de arte contemporânea ao ar livre e um pequeno shopping, o V Marketplace, fundado em 18770, que hoje reúne galerias de arte, lojas de objetos de decoração e de produtores locais e, claro, restaurantes. Um deles é o italiano Bottega, do dublê de chef e estrela de TV Michael Chiarello, californiano de descendência calabresa. Em uma quinta-feira no final da primavera, lá estava ele na cozinha, e fazendo questão de ir ao imenso salão cumprimentar os muitos clientes. O restaurante estava lotado, e o risoto de tomates-cereja tostados e burrata, divino. De entrada, uma sensacional polenta com cogumelos e balsâmico.

— Faço uma comida sofisticada, do norte do Vêneto, em um ambiente casual. O French Laundry é o primeiro restaurante de todo mundo. Tem gente que diz que o Bouchon é o segundo, mas eu aposto no Bottega. E a grande vantagem de Yountville é que você pode comer bem, beber e depois não precisa dirigir. É só ir andando para um dos hotéis — diz Chiarello.

Horta do chef Thomas Keller
Horta do chef Thomas Keller

Um programa imperdível em Yountville é visitar a horta orgânica, ao lado da calçada, que faz parte do império de Thomas Keller e é aberta ao público. É onde o chef, considerado por muitos o melhor dos Estados Unidos e que também tem três estrelas Michelin no restaurante Per Se, no Time Warner Center, em Nova York, cultiva legumes e vegetais usados nas cozinhas de seus três restaurantes na cidade. Além do French Laundry, o primeiro, inaugurado em 1994 e em frente à horta (é só atravessar a rua), e do Bouchon, de 1998, Keller tem ainda o Ad Hoc, de 2006, com um cardápio mais simples, um menu fixo que muda diariamente.

Yountville, Napa / Foto de Carla Lencastre

Yountville, Napa / Foto de Carla Lencastre

Entre os destaques da linda plantação, hoje com quase 1 hectare mas que começou como um pequeno jardim orgânico de ervas (o tempero favorito do chef é manjericão), estão os legumes baby size, como pequenas cenouras e tomatinhos, e as oyster leaves, folhas verdes com cheiro e gosto de ostra. Numa estufa, ficam pepinos e minirrabanetes. Além de legumes e verduras, também há muitas flores. Ao fundo, as montanhas emolduram a paisagem. De vez em quando passa um trem, que sai da cidade de Napa, mais ao sul, e segue por algumas vinícolas do vale.

Yountville, Napa / Foto de Carla LencastreIMG_1370A

EYountville, Napa / Foto de Carla Lencastrem frente à horta, do outro lado da rua, o French Laundry exige dois meses de antecedência nas reservas para seu menu-degustação de nove pratos e três horas de duração. Não só pela fama, mas também porque a casa, uma construção de 1902 com muitas rosas brancas na entrada, é pequena e só abre para jantar. Já no Bouchon o ambiente é parisiense em pleno Vale do Napa. No menu, ostras e camarões, deliciosos patês, saladas de folhas verdes com queijo de cabra ou roquefort e receitas francesas, de mexilhões e linguado a filé com fritas e carneiro. As clássicas salsichas brancas com purê de batata e ameixas são simples e encantadoras. Ao lado fica a Bouchon Bakery, que faz os pães — incontornáveis — de todos os restaurantes de Thomas Keller. Um pouco adiante encontra-se o Ad Hoc, a casa mais nova e mais informal do chef, com um menu fixo que muda a cada dia.Uma curiosidade: na cozinha do French Laundry, uma televisão mostra a cozinha do Per Se, em Nova York. O mesmo acontece no restaurante da Costa Leste. Ou seja, se Thomas Keller estiver em qualquer uma das suas duas principais casas, tem sempre como manter um olho no que está acontecendo na outra.

Bistrô Jeanty
O charmoso e gostoso Bistrô Jeanty, na rua principal de Yountville
Sopa de tomate de Jeanty
Sopa de tomate de Philippe Jeanty

No Bistro Jeanty, de cozinha francesa, o chef nascido na região de Champagne não estava na casa, mas o almoço também foi memorável, com um serviço simpático e descontraído. Philippe Jeanty veio para a Califórnia em 1977 — um ano depois do “Julgamento de Paris”, a famosa prova de vinhos que botou o Vale do Napa no “enomapa” — para comandar o restaurante do Domaine Chandon. Vinte anos depois, abriu seu bistrô. Seu “prato assinatura”, servido como entrada, é um creme quente de tomate com uma crosta folhada. Quando se parte a “tampa” da sopeira, o creme está quase fervendo. Espere esfriar um pouco e divirta-se. Em seguida, optei por um perfeito steak tartare, que veio à mesa com o ovo à parte, para ser misturado na hora. No cardápio, há outros clássicos da cozinha francesa. A decoração também é à francesa, com antigos cartazes e gerânios vermelhos na entrada. O Bistro Jeanty tem o selo Bib Gourmand do Guia Michelin.

Degustação no Domaine Chandon
Degustação no Domaine Chandon, uma das vinícolas de Yountville

O Vale do Napa e suas mais de 400 vinícolas, a grande maioria familiar, ficam a 56 quilômetros, ou a pouco mais de uma hora de carro, de São Francisco, pela Bay Bridge. Dá para ir e voltar no mesmo dia. Mas para aproveitar melhor a região o ideal é dormir pelo menos uma noite na cidade. Há vários hotéis novos e charmosos, no estilo rústico-chique. Uma opção é o Hotel Yountville, inaugurado em 2011 e, na época, muito badalado pelas revistas americanas de turismo. Os 80 quartos, instalados em chalés espalhados pela propriedade, com o Rio Napa ao fundo, são amplos e bem decorados, em estilo inglês.

Jardim do Hotel Yountville
Jardim do Hotel Yountville
Piscina do Bardessono
Piscina do Bardessono

Outro hotel interessante da cidade é o Bardessono , aberto em 2009, com 62 quartos, movido a energia solar, que segue o lema “local, orgânico e sustentável” que predomina na região. É um dos poucos hotéis do mundo certificados com o selo Leed (Liderança em Energia e Design Ambiental, na sigla em inglês) Platinum. Produtos de limpeza químicos? Nem pensar. A roupa de cama e banho é de algodão orgânico. Os refrigerantes são todos de marcas desconhecidas. E orgânicas. E caras. A vodca também é orgânica. É feita em uma “destilaria-butique” local.

(Versão atualizada de texto originalmente publicado na revista Oh!, do jornal O Globo.)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s