Grand Hyatt Rio, resort de luxo na Barra

IMG_2959 (2)
Área interna do Grand Hyatt Rio

Com jeito de resort urbano de luxo, o esperado Grand Hyatt Rio de Janeiro, na Praia da Barra da Tijuca, foi inaugurado no primeiro semestre de 2016, meses antes das Olimpíadas do Rio. São 436 quartos e suítes distribuídos em sete extensos andares em uma faixa de terra entre o Oceano Atlântico e a Lagoa de Marapendi.

O projeto é assinado pelo escritório canadense Yabu Pushelberg, que também fez o Park Hyatt de Nova York, entre outros hotéis. Dez elevadores evitam longas caminhadas pelos corredores, ainda que seja uma alegria olhar o carpete com desenhos inspirados em trabalhos de Roberto Burle Marx. O chão em pedra do lindo lobby envidraçado com vista para a área das piscinas segue o mesmo padrão.

IMG_2964 (2)
A piscina e o Oceano Atlântico vistos de um dos quartos

Todos os quartos têm varanda com portas de vidro de alto a baixo. O cenário exterior pode ser mar ou lagoa. Algumas suítes oferecem vista para os dois. Meu panorama preferido é o da tranquila Lagoa de Marapendi, que é pouco vista mesmo por quem mora no Rio. Os apartamentos decorados em tons claros têm revestimentos em madeira. Os quartos dispõem de 37 metros quadrados. As suítes ficam entre 70 e 200 metros quadrados. Todas as amenidades são Granado, tradicional grife carioca que tem uma loja no hotel. Os hóspedes dos apartamentos no sexto e no sétimo andar, além dos melhores panoramas, têm acesso ao Grand Club Lounge, onde são servidos o café da manhã, também com vista, e drinques na happy hour.

O hotel tem três restaurantes: o italiano Tano, o japonês Shiso e o de cozinha brasileira Cantô, este de frente para a praia e com música ao vivo à noite. Os três foram projetados pelo escritório do brasileiro Arthur Casas. O bonito e simpático Tano, onde é servido o café da manhã, tem um bar na entrada, varanda debruçada sobre a Lagoa de Marapendi, muita pedra, madeira clara e utensílios coloridos.

IMG_2944 (2)
O restaurante italiano Tano

O spa Atiaia possui nove salas de tratamento (três duplas). O hotel oferece day use de segunda a sexta-feira, com acesso à piscina ao ar livre, à sauna e ao serviço de praia. Há ainda uma área de dois mil metros quadrados para eventos.

O Grand Hyatt Rio está a 15 minutos de carro do Campo Olímpico de Golfe; do Rio Design Barra, um dos shoppings mais agradáveis da Barra da Tijuca, com cinemas, restaurantes e dezenas de lojas, e da Cidade das Artes, complexo cultural projetado pelo arquiteto francês Christian de Portzamparc. Ipanema, na Zona Sul do Rio, fica a 30 minutos de carro (ou mais, dependendo do trânsito).

Versão atualizada de post publicado no Direto do Rio, blog que fiz por dois anos (entre agosto de 2015 e julho de 2017) no portal Panrotas. Você pode ler a versão original (e ver outras fotos do hotel) clicando aqui. O Direto do Rio não é mais atualizado, mas todo o conteúdo está disponível neste link.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s